Resenha: A Culpa é das Estrelas

4 Comentarios


Livro: A Culpa é das Estrelas
Autor: John Green
Páginas: 288
Editora: Intrinseca


Sinopse: Os adolescentes Hazel e Gus gostariam de ter uma vida normal. Alguns diriam que não nasceram com estrela, que o mundo deles é injusto. Os dois são novinhos, mas se o câncer do qual padecem ensinou alguma coisa, é que não há tempo para lamentações, pois, se aceitamos ou não, só existe o hoje e o agora. E assim, com a intenção de realizar o maior desejo de Hazel - conhecer seu escritor favorito - ambos cruzarão o Atlântico para uma aventura contra o tempo, tão catártico quanto devastador. Destino: Amsterdam, o lugar onde reside o enigmático e mal-humorado escritor - a única pessoa que talvez possa ajudar-lhes a encaixar as peças do enorme quebra-cabeça onde se encontram.

John Green é, possivelmente, o autor mais renomado do YA atualmente. Seu livro mais conhecido até agora é, provavelmente, "A Culpa é das Estrelas". A história toda é muito bem escrita, e de tirar o fôlego. Eu achei o enredo maravilhoso, os personagens eram absolutamente incríveis e você se apaixona completamente por eles. Hazel e Augustus são fantasticamente elaborados e a voz de ambos são perfeitamente engraçadas e bem-feitas. Não é um romance "doente-iluminado", apesar de ter muitos dos apetrechos associados ao gênero, mas sim uma história sobre duas pessoas que juntas descobrem o amor. John também possui uma certa inclinação filosófica no que se discute o significado da vida e da morte. A resenha de hoje basicamente é diferente das outras, pois apresento aqui as reflexões que o autor provoca, bem como as consequenciais que causou uma obra fantástica.

"Se ela estivesse melhor ou o senhor, mais doente, então as estrelas não estariam tão terrivelmente cruzadas, mas é da natureza das estrelas se cruzar, e nunca Shakespeare esteve tão equivocado como quando fez Cássio declarar: “A culpa, meu caro Bruto, não é de nossas estrelas/ Mas de nós mesmos." "

Hazel Grace Lancaster, uma adolescente de 16 anos com câncer, frequenta um grupo de apoio de câncer dos pacientes a mando de sua mãe. Durante uma reunião de apoio, Hazel conhece um adolescente de 17 anos de idade chamado Augustus Waters, cujo osteosarcoma o levou a perder a perna. Augustus está na reunião para apoiar o seu amigo em comum, Isaac, que está perdendo seu olho restante ao câncer. Os dois criam um vínculo imediatamente após a reunião e Augustus convida Hazel para sua casa, onde os dois fortalecem ainda mais a amizade.

• O amor supera as dificuldades,
Hazel e Gus se amam, mas seus problemas de saúde dificultam seu relacionamento. Mesmo sabendo que um deles vai morrer, eles ficam juntos. Eles não podem permanecer como apenas amigos, porque seus sentimentos são muito fortes. Apesar de suas lutas, eles são capazes de fazer feliz o relacionamento, porque eles realmente se amam.

• Você não pode escolher quem te machuca
Infelizmente, é impossível viver a vida sem se machucar. Você ficará decepcionado, provavelmente mais do que uma vez. No entanto, a coisa valerá a pena quando você encontrar a pessoa certa. Como Augustus diz para Hazel: "Seria um privilégio ter meu coração partido por você." Uma das lições importantes de A Culpa é das Estrelas, é que é impossível evitar a dor de cabeça.

• As pessoas são os melhores presentes
Os desejos podem se tornar realidade, mas nem sempre podem ocorrer da maneira que você acha que quer. Os "Gênios" ajudaram Hazel e Augustus a chegarem à Amesterdã, com o pretexto de encontrar seu autor favorito. A melhor parte da viagem foi o tempo que passaram juntos (pelo menos a que eu achei). Claro, eles não precisavam viajar para um local de fantasia, a fim de ter um grande momento. Eles já tinham um grande momento quando eles estavam juntos.

• Aproveite o agora
Mesmo se você é perfeitamente saudável, você não pode dizer quanto tempo lhe resta nesta terra. Sério. Você deve aproveitar cada momento que você puder, e apreciar todas as pessoas ao seu redor. Não tome nada por garantido, porque você tem sorte de estar vivo.

• Ações falam mais que palavras
Qualquer um pode ver que Hazel e Gus verdadeiramente se amam, certo? A Culpa é das Estrelas é um romance inspirador que faz você realmente pensar sobre a vida. Você nunca sabe quando vai perder alguém próximo, por isso veja se eles sabem o quanto você se importa com eles, enquanto você ainda pode. Se você já leu o livro vinte vezes ou ter acabado de rever o filme centenas de vezes, diga, qual é a sua frase favorita?

Saber o que se passa no mundo de "A Culpa é das Estrelas" é fantástico. O autor dosou bem o drama, a emoção e o romance. Além disso, a leitura narrada por Hazel conseguiu nos transmitir com veracidade os sentimentos de uma pessoa que sofre uma luta diária contra o câncer. Como em tantas outras leituras que nos prendem, somos engolidos pelas páginas e não sossegamos enquanto não descobrimos o final, triste, de uma história de amor interrompida. O livro está super recomendado.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Atributos de Verão. Tecnologia do Blogger.