Resenha: Cidades de Papel

13 Comentarios



Livro: Cidades de Papel
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Título Original: Papers Town
Páginas: 368


Sinopse: Em Cidades de papel, Quentin Jacobsen nutre uma paixão platônica pela vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman desde a infância. Naquela época eles brincavam juntos e andavam de bicicleta pelo bairro, mas hoje ela é uma garota linda e popular na escola e ele é só mais um dos nerds de sua turma. Certa noite, Margo invade a vida de Quentin pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola, esperançoso de que tudo mude depois daquela madrugada e ela decida se aproximar dele. No entanto, ela não aparece naquele dia, nem no outro, nem no seguinte. Quando descobre que o paradeiro dela é agora um mistério, Quentin logo encontra pistas deixadas por ela e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele pensava que conhecia."

"Cidades de Papel" gira em torno de um grupo de adolescentes do ensino médio, incluindo o personagem principal, Quentin Jacobsen, e a excêntrica Margo Roth Spiegelman, que interpreta o interesse amoroso de Quentin. Ao longo do romance, os personagens lutam com temas que são centrais para a vida cotidiana dos adolescentes, tais como a construção de relacionamentos e a descoberta da própria identidade, marcos centrais dos livros de John Green.

O enredo do romance começa a engrossar quando Margo, poucos dias antes de sua formatura do ensino médio, aparece na janela de Quentin à noite, pedindo sua ajuda na realização de sua vingança pessoal contra seus antigos amigos, com esquemas elaborados envolvendo peixes mortos, compras do Walmart e graffiti. Naquela noite, ao visitarem um grande edifício, em Orlando, Margo diz à Quentin que a cidade é superficialmente uma "Cidade de Papel", dando a entender que percepção de Orlando dá algumas dicas sobre a complexidade da sua personagem, e sugere que debaixo de sua imagem impecável na escola, algo não está certo em sua vida. Após passar a noite junto com Margo, Quentin passa a sentir uma ponta de esperança em relação á aproximação dos dois, mas quando ele acorda na manhã seguinte, fica surpreso ao descobrir que Margo havia desaparecido sem dizer a ninguém onde foi.

"Uma cidade de papel para uma menina de papel. (…) Eu olhava para baixo e pensava que eu era feita de papel. Eu é que era uma pessoa frágil e dobrável, e não os outros. E o lance é o seguinte: as pessoas adoram a ideia de uma menina de papel. Sempre adoraram. E o pior é que eu também adorava. Eu tinha cultivado aquilo, entende? Porque é o máximo ser uma ideia que agrada a todos. Mas eu nunca poderia ser aquela ideia para mim, não totalmente.guarda roupa planejado."
A partir disso, Quentin começa a procurar pistas que o leve a Margo, sua paixão platônica, e é com uma agradável surpresa que o garoto descobre que Margo deixou vestígios que podem ajudá-lo a encontrá-la [viva ou morta]. No entanto, quanto mais ele continua a descobrir pistas de Margo,  mais ele percebe que mal a conhecia, e que sua personalidade é mais escura do que pensava.

"Ir embora é uma sensação boa e pura, apenas quando você abandona uma coisa importante, algo que tem significado. Arrancando a vida pela raiz. Mas só se pode fazer isso quando sua vida já criou raízes.''
As pistas, eventualmente, levam Quentin para Agloe, uma "Cidade de Papel", ou um lugar imaginário que cartógrafos colocam em seus mapas para garantir que eles não serão plagiados. Quentin e seus amigos, Radar e Ben, formam uma amizade inesperada com a melhor amiga de Margo, Lacey, e o grupo embarca em uma aventura selvagem para encontrá-la.

"Cidades de Papel" é mais um livro de ideias do que um livro de personagens e eu acredito que, no centro de tudo encontra-se Quentin "Q" e Margo Roth Spiegelman. As páginas são dedicadas ao desvendar do mistério do desaparecimento da garota, e realmente é como se todo mundo tivesse uma ideia diferente de quem ela é. E como todo mundo, eu também tenho minha própria interpretação de Margo Roth Spiegelman. Mas Margo não é a personagem principal deste livro, ela é alguém envolvida em sua própria busca com seus próprios problemas. Em um livro abastecido cheio de anedotas e observações maravilhosas sobre a vida, o mais apto é, talvez, é caracterizá-lo como sendo fantástico.

No geral, o livro faz um trabalho sensacional em descrever as experiências de adolescentes e como eles se desenvolvem. A complexidade da relação entre Margo e Quentin dá uma sensação de autenticidade à trama, uma vez que a mesma é falha e obstruída por questões como a incompreensão do caráter e interesses de cada um. Além disso, a profundidade do caráter de Margo contribui para a história.

"Quanto mais eu trabalho, mais percebo que os seres humanos carecem de bons espelhos. É muito difícil para qualquer um mostrar a nós como somos de fato, e é muito difícil para nós mostrarmos aos outros o que sentimos."
Apesar do romance não ter exatamente um final "perfeito", Quentin descobre muito sobre seu personagem, bem como sobre Margo, e também fortalece os laços entre ele e seus amigos ao longo do caminho. O romance é emocionante, divertido e perfeito de se ler.

Fãs de Green e de "A Culpa é das Estrelas" não vão querer perder a oportunidade de ler este livro antes do filme chegar aos cinemas, mês que vem. O personagem de Quentin será interpretado por Nat Wolff, [ o mesmo que interpretou Isaac, na adaptação de "A Culpa é das Estrelas"], e Cara Delevingne irá retratar Margo.

“E então você me surpreende. Para mim, você tinha sido apenas um garoto de papel por todos aqueles anos: um personagem de duas dimensões no papel e uma pessoa de duas dimensões na vida real, mas ainda assim sem profundidade. Só que, naquela noite, você se provou uma pessoa de verdade. E acabou sendo tudo tão estranho, divertido e mágico que, assim que voltei para meu quarto, senti saudade de você.”

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Atributos de Verão. Tecnologia do Blogger.

Featured Post Via Labels

Instagram Photo Gallery